quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

FELIZ 2011

Continue lendo >>

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

SALÁRIO MÍNIMO: AS FALÁCIAS DE SEMPRE

Paulo Kliass*

Basta que a taxa de juros SELIC entre janeiro e dezembro de 2011 permaneça no nível de 10,05% ao ano, ao invés dos 10,75% projetados no Projeto da Lei Orçamentária para garantir os recursos necessários a um salário mínimo de R$ 580.

Todo mês dezembro é a mesma história. Começa a correria para encerrar rapidamente o ano legislativo, e o Congresso Nacional tem a obrigação constitucional de votar o orçamento federal para o exercício seguinte até o dia 31 de dezembro. Trata-se da famosa Lei Orçamentária Anual (LOA). 

Neste ano, em particular, assistiu-se a um desfile de escândalos, denúncias e renúncias de alguns dos congressistas envolvidos com a Comissão Mista de Orçamento (CMO). Em geral, são os fatos envolvendo as famosas emendas parlamentares, onde - em nome da defesa da importante instituição da democracia parlamentar e representativa - vem-se consolidando um esquema fraudulento de apropriação de recursos públicos e desvio para fins privados duvidosos. Eu estava entre os ingênuos, aqueles que achávamos que, depois da CPI dos Anões do Orçamento, lá nos idos de 1993, essa prática acabaria de vez, que as coisas iriam melhorar nesse domínio. Triste ilusão...

Pois bem, mas o assunto hoje aqui é o salário mínimo. E antes que alguém já se sinta incomodado com o título do artigo, vamos recorrer à ajuda do Houaiss. Ali se aprende que falácia é a “qualidade do que é falaz, falsidade”. E falaz é “o que engana, o que ilude, fraudador.” Ou seja, definição melhor é impossível para caracterizar o debate que se apresenta para a sociedade brasileira a respeito do valor de referência para a menor remuneração mensal de um trabalhador em nosso País para 2011.

Continue lendo >>

POLÍTICA SE DISCUTE E MUITO, EM CUBA

Augusto César Petta *

Conforme já escrevi em artigo anterior, estive recentemente em Havana, juntamente com o Secretário-Adjunto de Relações Internacionais da CTB João Batista Lemos para participar de uma reunião de Centrais Sindicais componentes do Encontro Sindical Nossa América–ESNA e de Centros de Formação e Investigação.

Após a reunião que demorou 3 dias, tive a oportunidade de ficar mais dois, mantendo contato com cubanos, percorrendo algumas ruas da cidade de Havana. Chamou muito minha atenção o fato dos cubanos conversarem fluentemente sobre política. Fiquei com a nítida impressão que a mesma intensidade com que nós, brasileiros, conversamos sobre futebol, em Cuba fala-se sobre política. Bastava dizer que era brasileiro, imediatamente, as pessoas se referiam a Dilma e Lula. E demonstravam muita vibração com a vitória de Dilma nas eleição de outubro. Consideram Lula um amigo de Cuba e acham fundamental o avanço das posições progressistas no Brasil, por entenderem que o nosso país pela importância no cenário internacional , desempenha um papel estratégico revolucionário fundamental na construção da América socialista. 

Continue lendo >>

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

FORTALECER A LUTA DOS TRABALHADORES ATRAVÉS DOS SINDICATOS FOI META DA CTB

Com a importante missão de dar suporte a todas as atividades desenvolvidas pela CTB Nacional, no decorrer de 2010, a secretaria-geral da CTB participou e atuou nas mais variadas atividades que contou com a adesão da Central, bem como desenvolveu ações específicas e auxiliou as estaduais e sindicatos filiados.

Atividades que marcam 2010

Foram diversas as ações que passaram pela secretaria-geral que reconheceu a importância política, apoiou e acompanhou conjuntamente as suas realizações. Eventos importantes como a CONCLAT e a CMS mostraram que há uma sintonia entre as diversas secretarias refletindo no bom andamento e participação da classe trabalhadora e de militantes políticos.

Em 2010, outro destaque da Central foi a promoção do 1º Encontro de Juristas da CTB em Brasília, uma iniciativa da secretaria-geral. Com a participação de cerca de 80 militantes, além de juízes, procuradores do TST e advogados especialistas em Direito Trabalhista e Sindical, o evento buscou traçar uma linha de pensamento onde as propostas  políticas da CTB foram recepcionadas e debatidas, mostrando sua eficácia em questões como a unicidade sindical, tema caro à CTB.

Continue lendo >>

domingo, 19 de dezembro de 2010

OS TRÊS ANOS DA CTB

Nivaldo Santana*

O Congresso de fundação da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil) ocorreu há exatos três anos, entre os dias 12 e 14 de dezembro de 2007. O evento foi realizado no auditório do SESC Venda Nova, em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais.

Nesse curto período de três anos, a estrela da CTB consegue brilhar com intensidade crescente no firmamento sindical brasileiro. Organizada em todos os estados e no Distrito Federal, a central é, segundo os critérios legais divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego, a terceira em representatividade sindical no país, superada apenas pela CUT e pela Força Sindical.

A CTB tem representação no sindicalismo urbano e rural, no setor público e privado. Defende um sindicalismo de classe, politizado, unitário, democrático e plural. Apoia o artigo 8º da Constituição que consagra a unicidade sindical e garante a sustentação material das entidades sindicais.

Continue lendo >>

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

UMA BOA NOTÍCIA A DEFENESTRAÇÃO DE VACCAREZZA


José Reinaldo Carvalho*

Sendo o Partido dos Trabalhadores a principal força política do país, legenda em que está filiada a presidente eleita da República, o que se passa em sua vida interna rebate indispensavelmente no conjunto da vida política do país. Muitas vezes para o bem, outras tantas para o mal. É questão objetiva que interessa às demais forças políticas do País, mormente as aliadas.

A decisão tomada na noite desta terça-feira (14) de afastar a candidatura do deputado Cândido Vaccarezza à Presidência da Câmara dos Deputados e substitui-la pela do deputado Marcos Maia, é uma boa notícia. Diria até alvissareira.

Vaccarezza supunha que gozava de muito poder interno, apostou exclusivamente nisso, entenda-se na força, mas o resultado das duas tumultuadas reuniões do PT nesta terça-feira revelou o seu muito pouco prestígio no movimento de massas e entre os seus pares que no partido ainda podem ostentar com elevado grau de coerência e autenticidade a condição de militantes de esquerda. Ficou claro que o PT é um partido em disputa entre forças que foram muito além em compromissos distantes anos-luz dos que justificam perfilar o PT entre as forças transformadoras do País e uma esquerda autêntica, engajada no propósito de fazer o Brasil avançar no caminho das reformas estruturais.

Continue lendo >>

AGORA É LEI: DÍVIDA DE BANCÁRIO NÃO GERA JUSTA CAUSA

Foi sancionada pelo presidente Lula a Lei que extingue uma das discriminações que ainda perduram na legislação brasileira.

A partir de agora, os bancários se equiparam a todos os demais trabalhadores e não podem mais ser demitidos por justa causa devido a dívidas.

O PL 799/2007, que propunha revogar o artigo 508 da CLT, de autoria do deputado federal Geraldo Magela (PT-DF) foi aprovado pela Câmara em abril de 2008 e no Senado em novembro último, após parecer favorável do senador Paulo Paim (PT-RS).

Leia a íntegra da nova Lei:

Continue lendo >>

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

FELIZ ANIVERSÁRIO, OSCAR NIEMEYER

Hoje o Classista presta uma pequena homenagem a um gênio brasileiro. 

Oscar Niemeyer, arquiteto, militante, humano.

Os seus 103 anos enchem de alegria, orgulho e esperança não só os filhos do Brasil, mas todos aqueles que acreditam e lutam por um mundo melhor.

Feliz aniversário, camarada Oscar Niemeyer .


Continue lendo >>

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

VACCAREZZA JOGOU A TOALHA

Vaccarezza é a
"modernidade" tucana

O deputado federal Candido Vaccarezza "desistiu" de concorrer à presidência da Câmara dos Deputados.

Apesar de continuar manifestando que "não havia favoritos" dentro do PT, Vaccarezza viu seu apoio interno minguar após as recentes declarações que fez à revista Veja. Na entrevista o deputado defendeu, claramente a pauta dos que perderam as eleições passadas e confrontou setores importantes que apoiam Lula e Dilma, como os movimentos sociais, com destaque para o sindicalismo. Assim, o candidato petista ao cargo será o atual vice-presidente da Casa, Marco Maia (PT-RS).

Importante, e vitorioso para o campo popular, que reagiu prontamente às palavras do deputado, o resultado dessa disputa, pois Vaccarezza, apesar de ser deputado pelo PT, defende a pauta dos tucanos. Falta agora enterrar de vez o entulho disfarçado de modernização proposto pelo parlamentar.

Já vai tarde.

LEIA MAIS...

Câmara: Vaccarezza desiste e Marco Maia será o candidato do PT

Continue lendo >>

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

CAI A MÁSCARA, APARECE O BICO GRANDE

J. Tramontini*

Há tempos o deputado federal, reeleito, Cândido Vacarezza (PT-SP) tem empunhado a bandeira de uma reforma trabalhista. No início, travestiu seu intento com o nome de “Consolidação das Leis”, usando o simplório argumento da desburocratização do Estado brasileiro para se justificar.

Quando surgiu a tal proposta uma parte do sindicalismo omitiu-se, alegando se tratar mesmo de uma modernização jurídica. Outras partes, já vislumbrando a armadilha que se armava, alertou para o perigo iminente de se colocar em pauta, no Congresso Nacional, uma reforma trabalhista de caráter regressivo.

Essa semana, as coisas começaram a ficar mais claras. Com isso, mesmo os que acreditavam nas falsas nobres intenções do deputado protestaram. Em entrevista ao panfleto reacionário semanal Veja, Vacarezza começou a delinear seus verdadeiros planos, a redução drástica dos direitos dos trabalhadores brasileiros.

Como os neoliberais, recentemente derrotados pelo povo pela terceira vez consecutiva, o parlamentar alega a necessidade de modernização para justificar o injustificável. O que pretende Vacarezza é extinguir os já minguados e suados direitos que o povo do Brasil possui.

Continue lendo >>

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

PROPOSTA DO PCdoB ANULA AÇÃO DO DEM CONTRA CENTRAIS SINDICAIS

Flavio Dino (PCdoB/MA) e
Daniel Almeida (PCdoB/BA)

Os deputados do PCdoB Flávio Dino (MA) e Daniel Almeida (BA) apresentaram, esta semana, Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para garantir o recebimento pelas centrais sindicais de parcela das contribuições sindicais. O direito já é reconhecido por lei de 2008, mas o DEM ajuizou uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) para declarar inconstitucionais os dispositivos da lei, prejudicando o movimento sindical.

Diante da controvérsia, os parlamentares apresentaram a emenda para garantir constitucionalmente o repasse dos recursos necessários à manutenção das centrais sindicais. A proposta visa o fortalecimento do movimento sindical, por meio das centrais, assegurando que essas entidades tenham direito à contribuição ao crédito originário da contribuição sindical dos empregados.

"Democratas" reunidos, acostumados  a
contrariar qualquer avanço democrático
“Para que haja democracia no mundo do trabalho precisamos de amplo apoio à organização sindical dos trabalhadores”, justificou Flávio Dino, explicando que, pela proposta, serão alterados os artigos 8o e 149o para assegurar que as centrais sindicais possam ser credoras de 10% do produto arrecadado pela contribuição sindical dos empregados. 

Continue lendo >>

PCdoB/CE FAZ BALANÇO ELEITORAL E APONTA DESAFIOS


O Comitê Estadual do PCdoB/CE divulgou sua resolução política aprovada na reunião plenária do último final de semana onde avalia o resultado eleitoral, analisa o novo quadro político e a trajetória dos comunistas cearenses nos últimos dez anos e aponta os desafios postos para o partido. Leia abaixo a íntegra do documento:


Vitórias apontam novos desafios para o PCdoB


Uma disputa histórica, de caráter estratégico, marcou a eleição deste ano, onde dois projetos nitidamente distintos se confrontaram. De um lado, Dilma Roussef e as amplas forças que a apóiam, representam o projeto de mudanças em curso no país desde a posse do presidente Lula; de outro José Serra encarna justamente a tentativa de estancar os avanços e fazer o país retroceder para os marcos do neoliberalismo.

Continue lendo >>

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

PRISÃO DE ASSANGE FERE A DEMOCRACIA

Altamiro Borges*

Satanizado pelos EUA e furiosamente perseguido pela Interpol, o australiano Julian Assange, criador do sítio Wikileaks, decidiu se entregar à polícia do Reino Unido na manhã desta terça-feira (7). A prisão representa um duro golpe contra a liberdade de expressão, principalmente contra a liberdade na internet. Não é para menos que os barões da mídia, no Brasil e no mundo, evitam fazer alarde. Se um blogueiro fosse detido na China, Irã ou Cuba, a gritaria seria infernal. 

A desculpa para justificar a caçada a Assange é a denúncia da Justiça sueca de que ele teria cometido crimes de estupro, assédio sexual e coerção ilegal contra duas mulheres, em agosto passado. A sentença é bastante confusa, levando-se em conta que no país a prática de sexo desprotegido, sem o uso de preservativo, é considerada uma categoria leve de estupro. Assange nega as acusações e garante que a perseguição é uma retaliação ao Wikileaks pelo vazamento de documentos das embaixadas dos EUA.

Continue lendo >>

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

DEFENSORIA PÚBLICA NO PR POR UM FIO

Flávio Henrique Caetano de Paula*

Há Projeto de Lei para a criação do órgão, mas ocorre que o governador eleito Beto Richa já determinou que sejam usados todos os meios regimentais para não submetê-lo a votação

O estado do Paraná mostra-se um dos mais atrasados do país em estrutura de defesa da cidadania. Exemplo disso, o Procon do estado não é integrado ao SINDEC (Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor), que é um software desenvolvido pelo Governo Federal, sob a coordenação da Dra. Juliana Pereira (atual diretora do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, Ministério da Justiça), que permite o reflexo de reclamações de cidadãos de todo (ou quase todo) país.

Com o SINDEC, o Ministério da Justiça tem conhecimento de uma reclamação contra fornecedor de consumo ocorrida em qualquer pequena ou grande cidade que tenha Procon integrado. Com isso, ao se buscar estabelecer critério para novas políticas públicas de, por exemplo, enfrentamento de um problema vivido por inúmeros consumidores Brasil afora, é possível buscar nessa preciosa fonte de informações – a própria reclamação do consumidor/cidadão.

Continue lendo >>

sábado, 4 de dezembro de 2010

CLASSISTA NO VERMELHO



Desde o dia 25 de novembro o CLASSISTA tem a felicidade de figurar entre os blogs do Portal Vermelho.


Este blogueiro sente-se muito honrado em fazer parte de uma seleção de "pesos pesados" como Altamiro Borges, Renato Rabelo e Marcia Silva, apenas para citar alguns dos grandes que fazem parte da lista do Vermelho.


Espero poder contribuir à altura de tão dileta seleção, auxiliando a ampliar a rede de instrumentos progressistas de comunicação, avançando rumo a um Brasil mais justo e um mundo melhor.


Mais uma vez, deixo o CLASSISTA aberto a todos que queiram, com consciência de classe, fazer parte dessa luta.

Continue lendo >>

sábado, 20 de novembro de 2010

20/11 - DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

O Dia da Consciência Negra é uma data para a reflexão de todos nós brasileiros. Durante o período da escravidão, os negros sofreram inúmeras injustiças. E ás custas do seu sofrimento nas senzalas, nos campos e nas cidades, foi erguido tudo o que havia no Brasil daquela época. Os negros resistiram de diversas formas, nas muitas revoltas, fugas e com a formação de quilombos em várias partes do país. Assim, surgiu o Quilombo dos Palmares e o seu sonho de liberdade, que teve como principal líder Zumbi.

Veio a Abolição em 1888, o Brasil mudou e hoje é uma das maiores economias do mundo. No entanto, os negros continuaram em situação de desigualdade, ocupando as funções menos qualificadas no mercado de trabalho, sem acesso às terras ancestralmente ocupadas no campo, e na condição de maiores agentes e vítimas da violência nas periferias das grandes cidades. Sua luta, inspirada em Zumbi e em outros heróis negros que tombaram ao longo do caminho, precisava continuar.

Zumbi foi morto em 20 de novembro de 1695, e seu corpo foi exibido em praça pública para semear o medo entre os escravos e impedir novas revoltas e fugas. Mas o efeito foi oposto, despertando em muitos a consciência de que era preciso lutar contra a escravidão e as desigualdades, como Zumbi ousou fazer. A memória deste herói nacional, no Dia da Consciência Negra, nos compromete com a construção de uma sociedade na qual todos tenham não apenas a igualdade formal dos direitos, mas a igualdade real das oportunidades.

Fonte: www.diadaconsciencianegra.com.br

Leia também:

Ativistas comentam estatuto e desafios da luta antirracista

Continue lendo >>

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

CAMARADA ESPEDITO, PRESENTE!


Este blog presta hoje homenagem a um dos mais importantes quadros políticos do Paraná. 

Militante comunista, dirigente sindical e partidário, artista, sempre um lutador.

Um exemplo, com quem tive a oportunidade e honra de conviver e aprender. 

O camarada Espedito Rocha descansa das duras batalhas, mas continuará entre nós, nos inspirando para as lutas vindouras, sempre.



CAMARADA ESPEDITO,

PRESENTE!


Continue lendo >>

CENTRAIS SINDICAIS TERÃO ESPAÇO NO RÁDIO E TV

As centrais sindicais vão ter horário gratuito na emissoras de rádio e TV para discutir matérias de interesse de seus representados; transmitir mensagens sobre a atuação da associação sindical e divulgar a posição da associação em relação a temas político-comunitários.

A Comissão de Trabalho da Câmara aprovou nesta quarta-feira (17) proposta que assegura às centrais sindicais 10 minutos semanais de transmissão gratuita em emissoras rádio e televisão.

A proposta original, de autoria da deputada Manuela D´Ávila (PCdoB-RS), previa 10 minutos diários de programação sindical em rádio e TV, sete vezes mais que o texto aprovado. O texto aprovado é um substitutivo do deputado Roberto Santiago (PV-SP).

Para a deputada Manuela, o projeto, apresentado por ela a pedido da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), “dialoga com todos os segmentos para construir uma proposta ampla e democrática que possibilite aos trabalhadores terem voz nas rádios e emissoras de TV".

Continue lendo >>

terça-feira, 16 de novembro de 2010

SINDICALISMO, É HORA DE MAIOR OUSADIA

Série de 3 artigos de Altamiro Borges (Miro) sobre o sindicalismo, sua realidades, necessidades e perspectivas durante o novo governo Dilma.


O SINDICALISMO NO GOVERNO DILMA (1)

Altamiro Borges

A vitória de Dilma Rousseff nas eleições de 2010 dá continuidade ao ciclo político aberto com a histórica eleição de Lula, em 2002. Naquela ocasião, a chegada à presidência da República do carismático líder operário se deu num cenário bem mais difícil. A economia brasileira estava em frangalhos e quase foi à falência, curvando-se três vezes diante dos algozes do Fundo Monetário Internacional (FMI). A destruição foi obra da política neoliberal de FHC, que entregou boa parte do patrimônio público nos leilões da privataria, bateu recordes de desemprego, retirou os direitos trabalhistas e reduziu o papel do estado como indutor do desenvolvimento da economia nacional. 

Diante desta herança maldita, o presidente Lula cedeu às pressões das elites e preservou o tripé neoliberal de juros altos, superávit primário e libertinagem financeira, o que manteve os índices de baixo crescimento econômico e alto desemprego. Mais ainda: Lula enviou ao parlamento uma proposta regressiva de contra-reforma da Previdência Social. Estas e outras medidas impopulares causaram uma justa frustração dos trabalhadores diante do novo governo, oriundo das suas lutas. O sindicalismo ficou atordoado, na defensiva, e presenciou a divisão de suas organizações. 

Continue lendo >>

sábado, 13 de novembro de 2010

REACENDEM OS VELHOS PRECONCEITOS

J. Tramontini*

A terceira vitória popular consecutiva, ocorrida na eleição presidencial, se deu ainda com mais força que nas duas anteriores. Refletiu-se na eleição de governadores, bancadas estaduais, na câmara e no senado, com vitórias, muitas expressivas, de candidatos vinculados ao campo progressista e de esquerda.

Foram muitos os paradigmas quebrados, dentre os quais o mais visível foi a eleição da primeira mulher à presidência da república. Também muitos foram os defuntos desenterrados no espectro político brasileiro. Conservadores e reacionários de todos os matizes ressurgiram com a campanha virulenta empreendida pela candidatura das elites. A odiosa campanha eleitoral demotucana despertou segmentos, absolutamente minoritários, porém barulhentos, que todos pensávamos jamais voltariam a aparecer.

O acirramento da luta política, tanto no meio institucional, quanto no meio do povo, é também fruto do novo período histórico que está se abrindo aos brasileiros.

Um aspecto dessa batalha se dá agora em discussões e manifestações, especialmente via internet, mas não só, de todo tipo de preconceito e ódio. A face que mais tem aparecido trata do “racismo” empreendido por alguns segmentos da elite e das camadas médias da sociedade, especialmente de São Paulo, contra o restante do Brasil, destacadamente contra os brasileiros da região Nordeste.

Continue lendo >>

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

10 ANOS APÓS A PRIVATIZAÇÃO DO BANESTADO

Marisa Stedile*

Ninguém sabe exatamente quando foi que Jaime Lerner decidiu se desfazer do Banestado. O que sabemos é que em 19 de dezembro de 1997 a Assembleia Legislativa do Paraná aprovou o Projeto de Lei do governo estadual prevendo o saneamento do banco. No final de março de 1998, encerrou-se o prazo para que os estados optassem pelo saneamento. Neste período, o governo não se pronunciou uma única vez, nem para a imprensa nem para a Assembleia Legislativa.

Mas a sangria do banco já estava em curso. Segundo o então secretário da Fazenda, Giovani Gionédis, em longa entrevista ao jornal Gazeta Mercantil, do dia 09 de março de 1998, os paranaenses souberam que o banco não tinha liquidez, tinha problemas financeiros. Na mesma reportagem ele afirmou que o banco não seria privatizado, afirmação essa que Lerner também havia feito aos funcionários. No dia 31 de março daquele ano, no entanto, o governador assinou, em Brasília, o acordo de saneamento e privatização.

Continue lendo >>

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

ISONOMIA: PL TEM PARECER FAVORÁVEL MAIS UMA VEZ

Dep. Osmar Junior (PCdoB/PI)

Mais um passo foi dado hoje em direção à isonomia entre os bancários pré e pós-1998 dos bancos públicos.

O Projeto de Lei 6259/2005, de autoria dos deputados Daniel Almeida (PCdoB/BA) e Inacio Arruda (PCdoB/CE - hoje senador) recebeu parecer favorável do relator, deputado Osmar Junior (PCdoB/PI), na Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara dos Deputados.

Em seu voto, diz Osmar Junior: "A reparação das injustiças, assim como a ainda tempestiva correção de uma política de recursos humanos equivocada, de bases fortemente neo-liberais e características selvagemente capitalistas, tem ensejo agora, com a possibilidade de aprovação das iniciativas em análise".

A luta dos bancários segue o caminho para ser recompensada e isso mostra que também é importante a eleição de parlamentares comprometidos com as aspirações dos trabalhadores.







Continue lendo >>

LULA ATACA O DÓLAR E DEFENDE MOEDA ALTERNATIVA NA CÚPULA DO G20

Umberto Martins*

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu nesta quinta-feira (11) a discussão, na cúpula do G20, de alternativas ao dólar como moeda de livre curso nas transações econômicas internacionais, hoje marcadas pela instabilidade decorrente dos desequilíbrios da economia norte-americana e perturbadas pela chamada guerra cambial.

Lula lembrou que os países que compõem o BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China) já estão debatendo o assunto. "Desde o ano passado, estamos chamando o BRIC para substituir o dólar nas transações. É um trabalho de convencimento", comentou.

Tema polêmico

O tema é polêmico, já que está em xeque a liderança econômica dos EUA no mundo e certamente isto não agrada Washington. Mas a necessidade de encontrar um substituto para o dólar nas transações econômicas internacionais ganhou força com a emergência da crise nos Estados Unidos no final de 2007 e as ações do Estado para debelá-la.

Continue lendo >>

domingo, 7 de novembro de 2010

COMEMORAÇÕES DO ANIVERSÁRIO DA REVOLUÇÃO RUSSA

Milhares de russos foram às ruas das principais cidades do país neste domingo para celebrar o 93º aniversário da Revolução Russa. A maior manifestação realizada pelo Partido Comunista da Federação Russa aconteceu na Praça Puchkin, na região central de Moscou.

Liderados por Gennadi Ziuganov, os comunistas comemoraram a Revolução e protestaram contra a decisão do governo de instituir, há cinco anos, um feriado artificial para suprimir a memória da Revolução, comemorada também em várias nações que faziam parte da União Soviética até sua extinção, em 1991.

Continue lendo >>

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

AS PERSPECTIVAS POLÍTICAS NO PÓS-LULA

Altamiro Borges*

A eleição de Dilma Rousseff abre novos horizontes para o enfrentamento dos graves problemas brasileiros. Permite uma pauta positiva, com a intensificação das lutas por mudanças profundas no país. Caso José Serra fosse vitorioso, o Brasil retrocederia e forçaria uma agenda defensiva e reativa dos trabalhadores, contra a retomada das privatizações, a destruição dos programas sociais, a criminalização dos movimentos populares e o realinhamento colonizado aos EUA. 

A vitória de Dilma garante um cenário mais favorável à luta por reformas estruturais no país. Ela mantém o ciclo político aberto pelo presidente Lula, garantindo a sua continuidade, mas sinaliza com novos avanços. Além disso, ela fortalece o pólo progressista na América Latina e dá novo impulso à integração regional soberana. Não é para menos que todos os governantes de esquerda do continente saudaram a nova presidenta. A sua vitória permite avançar na construção de uma América Latina liberta das garras do império, com soberania, desenvolvimento e justiça social. 

Continue lendo >>

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES E MENINAS

Continue lendo >>

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

UM NOVO CICLO SE INICIA

J. Tramontini*

Passada a eleição presidencial de 2010, iniciamos, na prática, um novo ciclo histórico no Brasil, com muitas influências no restante do continente e mesmo do mundo.

O estudo da história é dividido em períodos. E um ciclo histórico sempre deriva de elementos do anterior. No Brasil, por exemplo, o ciclo iniciado na reabertura política sucedeu o de resistência, armada ou não, e os atores envolvidos na resistência encabeçaram o período seguinte.

É nesse período que surge a maior liderança brasileira na atualidade, o presidente Lula. Oriundo das lutas operárias que ajudaram a derrubar a ditadura dos generais, Lula aglutinou, ao longo do tempo, em torno de si as forças progressistas e de esquerda, alcançando em 2002 o ápice dessa batalha, com sua eleição à presidência, consolidada com a reeleição em 2006.

Continue lendo >>

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

QUEM É DILMA, A CARTA QUE LULA TIROU DA MANGA

Tereza Cruvinel*

Dilma Vana Rousseff já teve muitas vidas, muitos nomes e muitos projetos de vida. O que ela nunca imaginou é que seria a primeira mulher brasileira a conquistar, pelo voto, o mais alto cargo da República, até agora ocupado só por homens. Ela foi eleita presidente com 55,5 milhões de votos, correspondentes a 56,01% dos votos válidos, derrotando José Serra, do PSDB, que teve 43,606 milhões de votos, ou 43,99% do total de votos válidos (com 99,56% das urnas apuradas).

Muita gente, dentro e fora do governo, também achava que isso seria impossível: embora a política tenha marcado toda a sua vida, Dilma nunca havia disputado antes uma eleição.

Continue lendo >>

domingo, 31 de outubro de 2010

VIVA O POVO BRASILEIRO!

O povo brasileiro, guerreiro, trabalhador, festivo, mostrou também que sabe bem o que quer.

O povo aprendeu, com Lula, que pode governar, que pode fazer mais e melhor que "os de cima".


O povo, que por muito tempo foi enganado com afirmações de que não era possível a vida melhorar, experimentou nos últimos 8 anos a vida melhorando.

Experimentou e gostou.

Gostou e não permitiu que se voltasse ao passado, de desemprego, arrocho e desesperança.

Em 2002 a esperança venceu o medo. Agora, em 2010, a verdade venceu a mentira.

Um novo ciclo histórico se abre agora, com a primeira mulher na presidência, com a terceira vitória consecutiva do povo brasileiro.

Parabéns ao Lula, parabéns à Dilma, parabéns à coligação Para o Brasil Seguir Mudando, que integrou os partidos progressistas e de esquerda, e, principalmente, parabéns ao Brasil e aos brasileiros.

E meu país será melhor, e o meu povo mais feliz!

Viva o povo Brasileiro!

Continue lendo >>

sábado, 30 de outubro de 2010

QUEREMOS DILMA 13!

Editorial do Vermelho


A disputa eleitoral aproxima-se da hora decisiva e, no domingo, o eleitor vai indicar, nas urnas, o rumo do Brasil nos próximos anos.

Continue lendo >>

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

NÉSTOR KIRCHNER E O QUE VEM POR AÍ

Mempo Giardinelli*

Escrevo esse texto em meio ao calor dos acontecimentos, na mesma manhã do anúncio da morte de Néstor Kirchner, e oxalá esteja errado. Mas sinto dor e medo e necessito expressá-lo.

Penso que estes dias serão muito feios, com um carnaval de hipocrisia no Congresso. Os mortos políticos estarão ali com suas caras impávidas. Os ressuscitados de governos anteriores. Os bajuladores profissionais que agora se dizem “dissidentes”. Os frívolos e os garcas que diariamente desenham Rudi e Dany. Todos eles e elas. Caras de plástico, de ferro fundido, de caca endurecida. Aplaudidos secretamente por aqueles que já estão emitindo sorrisos de alegria feroz.

Continue lendo >>

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

POLITIZAR A CAMPANHA

Emanoel Souza*

Lamentavelmente, a campanha presidencial está se transformando num “bate-boca” vazio e despolitizante. Na internet a situação beira ao ridículo. São centenas de mensagens com as mais sórdidas baixarias. Na grande imprensa o “escândalo” ou o factóide de ontem é abafado por um novo a cada dia.

A quem interessa esta situação? A Serra que não tem nenhum programa para apresentar ao país. É a tese de que “todo político é ladrão”, de que “é tudo a mesma coisa”. Ou seja, igualar todos por baixo e transformar a definição do voto pura e simplesmente em simpatia ou numa avaliação superficial do candidato.

Por isto, nestes últimos dias precisamos devolver a racionalidade ao debate eleitoral. Dilma representa um projeto político liderado por Lula, que começou a transformar o Brasil num rumo progressista, com soberania, distribuição da renda e inclusão social. Serra representa a volta ao projeto neoliberal e privatizante de FHC, subalterno aos ditames do imperialismo norte americano. E ponto.

Continue lendo >>

A FOLHA CORRIDA DE JOSÉ SERRA: 17 PROCESSOS NA JUSTIÇA


A folha corrida de processos que José Serra responde foi apresentada por ele mesmo ao TSE (por imposição da lei, senão a candidatura é impugnada).

Dilma também apresentou, e as certidões dela nada consta, ou seja, ela não tem nenhum processo.

Serra tem 17 processos, sendo pelo menos 4 por corrupção (Improbidade Administrativa):

Continue lendo >>

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

PRESENTE PARA O PRESIDENTE LULA

Hoje, 27 de outubro, o presidente Lula completa 65 anos.

E o presente que o povo brasileiro dará ao primeiro trabalhador presidente da república será desembrulhado no domingo, dia 31, a eleição da primeira mulher presidente do Brasil, DILMA.


Continue lendo >>

DILMA É RECEBIDA COM FESTA EM MARATONA PELO NORDESTE

A candidata à presidência da República pela coligação Para o Brasil Seguir Mudando, Dilma Rousseff (PT), visitou três estados da região Nordeste nesta terça-feira. Fortaleza (CE), Caruaru (PE) e Vitória da Conquista (BA) foram as cidades que receberam, com muita festa, a candidata petista.

A região Nordeste é onde Dilma tem a maior vantagem nas pesquisas. O último levantamento do Datafolha, divulgado nesta terça-feira, mostra Dilma com 64% das intenções de voto, contra 27% de seu adversário, o tucano José Serra (PSDB).

Continue lendo >>

terça-feira, 26 de outubro de 2010

LEI DE SERRA CAUSOU PREJUÍZOS DE R$32,5 BILHÕES AO PARANÁ

O Paraná é o maior estado produtor de energia elétrica do Brasil. Nossos rios são a nossa maior riqueza.

Nossas usinas hidrelétricas geram mais de 1/4 de toda a eletricidade que o Brasil consome. Para construir essas usinas, inundamos terras produtivas, desalojamos milhares de famílias e destruímos uma de nossas maravilhas naturais, as Sete Quedas de Guaíra, no Rio Paraná. Mas não fomos compensados por isso.

Uma lei aprovada na Constituinte de 1988, e em vigor até hoje, impede que o ICMS, o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços, que incide sobre a produção de energia elétrica, nossa maior riqueza, seja recolhido no Paraná.

O responsável pela aprovação dessa lei e por essa grande injustiça que há mais de duas décadas se comete contra o Paraná chama-se José Serra.

Continue lendo >>

sábado, 23 de outubro de 2010

O QUE QUER A DIREITA E PORQUE CONSPIRA

Paulo Vinícius*

A capacidade de ter a ofensiva na construção da agenda política é fundamental para o êxito ou o fracasso de qualquer disputa, e mesmo de uma discussão qualquer. Os acontecimentos da última quinzena do segundo turno da eleição de 2010 deixam clara a capacidade e os objetivos da direita em manipular a agenda política. Eleitoras e eleitores de Dilma precisam entender o que está em jogo para assumirem seu papel de liderança nessa vitória do povo.

A elevação do tom da campanha no sentido da agressividade artificial é um factóide do PIG - Partido da Imprensa Golpista, em estreita colaboração com a campanha tucana. É assustadora a sua inconformidade com a maioria da opinião dos brasileiros e sua determinação em contrariar a vontade do povo.

Seus objetivos são:

Continue lendo >>

DIRIGENTES SINDICAIS COMENTAM CENSURA E ATAQUES CONTRA CUT E CTB

Dirigentes da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT) repudiam ação do PSDB para cassar material com posição das entidades em relação ao segundo turno das eleições e dizem que ataques aos materiais das centrais são para desviar a atenção do "escandaloso flagrante policial em gráfica ligada à campanha de Serra", conforme defende nota assinada pelo presidente da CUT, Artur Henrique.

Nesta segunda-feira (18), a pedido da campanha presidencial de José Serra (PSDB), o ministro Joelson Dias, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), censurou a edição de setembro do Jornal da CUT e de outubro da Revista do Brasil. Como as duas publicações apresentam, na capa, a foto da candidata à Presidência Dilma Rousseff, da coligação Para o Brasil Seguir Mudando, o TSE determinou a retirada de circulação. O conteúdo das edições publicado na internet também ficará sob censura e deverá ser retirado.

O jornal da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) também foi alvo de acusações. Nesta quarta-feira (20), a Folha de S. Paulo tenta jogar sobre a entidade acusação de crime eleitoral ao confeccionar matéria sobre a gráfica contratatda para rodar seu jornal: Editora Gráfica Pana,  a mesma que rodou os panfletos assinados por um braço da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) recomendando voto contra o PT.

Continue lendo >>

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

O QUE ACERTOU O SERRA MESMO?

O "Zé Baixaria" agora resolveu mostrar seus dons artísticos. Sua nova idéia é realizar performances teatrais durante a campanha.

O "Zé Baixaria" acredita ser um bom ator. O PIG o aplaude.

Mas em tudo o que faz o "Zé Baixaria" é a mesma coisa, um canastrão. Fez de uma bolinha de papel um espetáculo circense, com "apoio cultural" do PIG.


Mas, na verdade, o que atingiu o José Serra foi a constatação, quem nem mesmo o PIG consegue camuflar, o povo não quer voltar ao passado, o povo quer Dilma.

Continue lendo >>

VAMOS AO QUE REALMENTE INTERESSA

Desemprego é o menor e salário médio o maior desde 2002

Seis regiões metropolitanas do Brasil apresentaram taxa de desemprego de 6,2% em setembro — menor índice já registrado desde o início da série histórica em março de 2002. Em agosto, a taxa de desemprego no Brasil havia ficado em 6,7% e, em setembro do ano passado, em 7,7%.

Os dados da Pesquisa Mensal de Emprego foram divulgados nesta quinta-feira (21) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Ainda segundo o estudo, a população desocupada em setembro foi de 1,48 milhão de pessoas. Esta é a primeira vez no país que a população desocupada fica abaixo de 1,5 milhão de pessoas.

A população ocupada totalizou 22,282 milhões em setembro, alta de 0,7% sobre agosto e de 3,5% sobre igual período do ano passado. 

Continue lendo >>

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

UMA FOTO E UM LUGAR NA HISTÓRIA

Paulo Vinícius*

A vida é feita de escolhas. Quando terá Serra optado pelo caminho da cruzada religiosa em seus intentos de poder? Em que momento pensou: “isso dá voto”? Como uma liderança que já presidiu a UNE - tal como um Darth Vader de ficção - vai de concessão em concessão, de deformar-se em deformar-se, de abismo em abismo, até cair no colo da extrema direita, das forças remanescentes da Ditadura, dos entreguistas, do que há de mais nocivo ao Brasil? Serra fez acordos e agrupou ao seu redor, para citar o jornalista Messias Pontes:

“A famigerada TFP – Tradição, Família e Propriedade, a Opus Dei, o Grupo Guararapes, a grande mídia conservadora, venal e golpista, a clientela da Daslu, os fundamentalistas religiosos- católicos e evangélicos, Daniel Dantas, José Roberto Arruda, os carlistas (na Bahia), os herdeiros políticos de Carlos Lacerda, as viúvas da ditadura militar, a canalha neo-udenista e toda a extrema direita”.

 
Esta é a aliança que se voltou contra Dilma Roussef, que febrilmente conspira:

Continue lendo >>

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

BAIXARIA DEMOTUCANA NO INTERIOR DO CEARÁ

"Zé Baixaria" entre os derrotados. Prenúncio?
Foto:Rafael Cavalcante/O Povo

Neste domingo, a campanha do “Zé Baixaria” ganhou mais um capítulo. A “cruzada religiosa” em que o demotucano tenta transformar a eleição parece não ter fim.

Durante as celebrações a São Francisco, em Canindé-CE, lá estava a corte demotucana, Serra, Tasso Jereissati e um tucano que voltou ao ninho, o também derrotado Lucio Alcântara, que no primeiro turno cearense tentou se colar em Lula em busca de votos. Nota-se que o povo do Ceará foi sábio, deixando Alcântara em terceiro lugar (as pesquisas o colocavam em segundo) e desempregando o senador-coronel Jereissati. A eleição no Ceará foi definida no primeiro turno, com a vitória de Cid Gomes (PSB). 

Será que o “Zé Baixaria” já tinha ouvido falar de Canindé (120km de Fortaleza), ou de seu povo, antes de colocar como o candidato ungido por Deus?

Continue lendo >>
Classista possui:
Comentários em Publicações
Widget UsuárioCompulsivo

Mais vistos

  ©CLASSISTA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo